Dicas para o sexo anal sem desconforto

anal-01-Custom

Dizem que dói. Dizem que é difícil ou dá um certo desconforto. Dizem que é melhor do que na frente.

Bem dizem muita coisa, mas para você saber realmente como é tem que fazer. Ouvi muitos casos, já me disseram que nem sequer incomodou, mas na maioria das vezes é os relatos dizem que é muito difícil ou não conseguiu.

Para iniciantes nesta prática o principal é ter um parceiro muito paciente e carinhoso, pois esta conquista é para dois e pode se tornar uma frustração visto que a mulher pode adquirir certo temor e acabando com um bloqueio e com o passar dos anos nunca ter experimentado. Então homens muita paciência.

Certo que não precisa muito para começar, apenas um lubrificante basta, mas em todo caso há muitas técnicas para tornar possível este momento tão dramático.

O relaxamento do esfíncter, que é uma fibra muscular circular em forma de anel, que á a porta de entrada para que a penetração cause menos (ou nenhuma) dor ao parceiro passivo.

Entre as técnicas utilizadas para esse fim, destaca-se a prática do anilingus ou, em outras palavras, o sexo oral realizado na região do ânus ou apenas um “sexo oral comunzinho”, ao mesmo tempo massageando a região externa e consequentemente a penetração com apenas um dedo, fazendo movimentos suaves.

O que acontece é que durante o processo, o ânus apresenta espasmos e contrações, que são uma espécie de defesa contra o órgão estranho. É esta contração que a mulher deve ter controle. Para evitar o desconforto, é interessante diminuir o ritmo ou interromper o movimento durante essas contrações. Lembre-se: é fundamental ter calma, sutileza e paciência para que a relação seja agradável e torne-se a primeira de muitas.

Acessórios como Plug anal é um brinquedo erótico cuja anatomia foi desenvolvida especialmente para o encaixe no ânus. É muito recomendado para iniciantes, pois têm a ponta fina e arredondada para facilitar a penetração e, com a base mais larga, preparam a região para a penetração do pênis.

Dar com o bumbum arrebitado é para quem tem experiência, o melhor mesmo é de conchinha ou em pé. Tenha em mente que você quer, não faça contra a sua vontade. Se não conseguir agora, tente outro dia. Você deve estar relaxada, confiante. As mulheres que fazem sexo anal durante o seu dia a dia se tornam muito mais confiantes e seguras. Está é uma prática que evolui as mulheres, não é a toa que nos últimos anos deixou de ser um tabu.

Nunca intercale sexo anal e vaginal na mesma relação sem ao menos o uso ou a troca de camisinha, é importante trocar o preservativo para evitar a contaminação da vagina. O ânus, ao contrário da vagina, não possui lubrificação natural. Existem opções interessantes de lubrificantes e até anestésicos anais, para quem deseja atenuar possível desconforto durante a penetração.

Clique em alguma das imagens abaixo para saber mais.

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite o resultado * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.